Palestrante convidada é a geógrafa Keyla Alencar da Silva, pesquisadora e professora na Universidade Tecnológica Metropolitana do Chile. Com transmissão pelo YouTube

 Publicado: 27/11/2023

A imagem mostra uma mulher negra manuseando um microscópioPalestra on-line vai discutir a contribuição das mulheres negras na ciência, bem como os avanços e desafios das ações afirmativas – Foto: DCStudio/Freepik

Nesta quarta-feira (29), marcando o mês da Consciência Negra, o Programa de Pós-Graduação em Geografia Física da USP convida a professora Keyla Alencar da Silva, da Universidade Tecnológica Metropolitana (Utem), no Chile, para ministrar a palestra Mulheres Negras na Ciência: Desafios e Avanços. A atividade será on-line, transmitida pelo canal do programa no YouTube e aberta a todos. Não é preciso se inscrever para acompanhar. Haverá emissão de certificado para os participantes.

Keyla Alencar da Silva é a palestrante convidada – Foto: Reprodução/Linkedin

Keyla Alencar da Silva é geógrafa, doutora em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco. Pesquisa e leciona no Departamento de Indústria da Faculdade de Engenharia da Utem. Tem sido uma voz ativa no debate sobre raça e gênero, participando de atividades antirracistas, ministrando palestras e participando de grupos de mulheres como o coletivo chileno #juntashacemoshistoria.

Segundo Bianca Vieira, docente do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP e responsável pela atividade do dia 29, o campo da geografia física tem feito muitos debates sobre raça e gênero em seus fóruns e investido na criação de ações de inclusão. Como exemplo, ela menciona o empenho da União da Geomorfologia Brasileira e da comissão organizadora do último evento da área para aumentar significativamente o número de mulheres e negros nas coordenações de mesas e entre os palestrantes. Além disso, o encontro contou com uma mesa-redonda dedicada a discutir o papel das mulheres na ciência.

A palestra on-line de Keyla Alencar da Silva será realizada nesse contexto de compromisso do campo com políticas de inclusão e enfrentamento ao racismo. O Programa de Pós-Graduação em Geografia Física adota uma política de ações afirmativas desde a aprovação de resolução sobre o tema, em 2017. Em seu processo seletivo mais recente para admissão de estudantes, o programa reservou em cada linha de pesquisa uma vaga de mestrado e uma de doutorado para candidaturas de pessoas autodeclaradas pretas ou pardas.

Serviço
Palestra Mulheres Negras na Ciência: Desafios e Avanços, com Keyla Alencar da Silva

Data: quarta-feira, 29 de novembro de 2023, das 18h às 20h
Com transmissão pelo YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=KywAs9_f-wg

 

fonte: https://jornal.usp.br/diversidade/presenca-das-mulheres-negras-na-ciencia-sera-tema-de-palestra-nesta-quarta-feira/

 



Coloque seu email em nossa lista

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

Cfemea Perfil Parlamentar

Violência contra as mulheres em dados

Logomarca NPNM

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Estudo: Elas que Lutam

CLIQUE PARA BAIXAR

ELAS QUE LUTAM - As mulheres e a sustentação da vida na pandemia é um estudo inicial
sobre as ações de solidariedade e cuidado lideradas pelas mulheres durante esta longa pandemia.

legalizar aborto

Veja o que foi publicado no Portal do Cfemea por data

nosso voto2

...