Os ministros fixaram tese com o entendimento de que, após a Constituição, a separação não é mais pré-requisito para o divórcio

 

O Supremo Tribunal Federal (STF) fixou entendimento de que separação judicial não é pré-requisito para o divórcio, desde a promulgação da Constituição Federal. A decisão foi dada em plenário nesta quarta-feira (8/11) e tem repercussão geral, ou seja, vale para outros casos em análises em diversas instâncias.

O texto original da Constituição previa a dissolução do casamento civil pelo divórcio, mas exigia a separação judicial prévia por mais de um ano ou a comprovação da separação de fato por mais de dois anos. Houve uma emenda constitucional que retirou essas exigências, mas não havia sido feita a alteração no Código Civil.

A procuradora-geral da República, Elizeta Ramos, defendeu que a entrada em vigor da Emenda Constitucional nº 66/2010 facilitou o processo de separação entre cônjuges, mas não extinguiu o instituto da separação judicial.

O relator do caso, ministro Luiz Fux, entendeu que a dissolução do casamento não depende de nenhum requisito temporal ou causal, o que torna inviável exigir a separação judicial prévia para efetivar o divórcio. Ele foi acompanhado pelos outros ministros nesse ponto.

Recurso

Na origem, o recurso questionou uma decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) que afastou a exigência prévia de separação judicial para o pedido de divórcio, considerando que bastava a manifestação da vontade de romper o vínculo conjugal para a dissolução efetiva do casamento.

 

Leia também

No STF, um dos cônjuges defendeu que a Constituição somente tratou do divórcio, sendo seu exercício regulamentado pelo Código Civil que prevê a separação judicial prévia. Nesse sentido, os ministros acabam com a controvérsia.

fonte: https://www.metropoles.com/brasil/stf-diz-que-separacao-judicial-nao-e-pre-requisito-para-divorcio

 


Artigos do CFEMEA

Coloque seu email em nossa lista

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

Cfemea Perfil Parlamentar

Violência contra as mulheres em dados

Logomarca NPNM

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Estudo: Elas que Lutam

CLIQUE PARA BAIXAR

ELAS QUE LUTAM - As mulheres e a sustentação da vida na pandemia é um estudo inicial
sobre as ações de solidariedade e cuidado lideradas pelas mulheres durante esta longa pandemia.

legalizar aborto

Veja o que foi publicado no Portal do Cfemea por data

nosso voto2

...