A Comissão Mista de Combate à Violência contra a Mulher aprovou nesta quarta-feira (25) um plano com 14 ações para os anos de 2023 e 2024. 

Luana Viana | 25/10/2023, Agência Senado

 

Entre as ações previstas, estão audiências públicas e a abertura de Procuradorias da Mulher nas unidades da Federação que não têm essa estrutura.

O plano foi proposto pela relatora, deputada Camila Jara (PT-MS). Uma das atividades programadas é uma audiência pública sobre raça e gênero em novembro, mês da Consciência Negra.

A presidente da comissão, senadora Augusta Brito (PT-CE), afirmou que é imprescindível incluir as mulheres negras no debate sobre violência doméstica. Segundo o relatório divulgado no ano de 2023 pela ONG Anistia Internacional, no Brasil, 62% das vítimas de feminicídio são mulheres negras, ressaltou.

Já a senadora Jussara Lima (PSD-PI) destacou a importância do trabalho da comissão no enfrentamento à violência doméstica e na melhoria da qualidade de vida das mulheres.

— Precisamos cada vez mais estarmos unidas, não só em defesa da violência contra a mulher, mas também pela saúde da mulher.

00:0002:20
 

 

Opções: Download

Fonte: Agência Senado - https://www12.senado.leg.br/noticias/audios/2023/10/comissao-de-combate-a-violencia-contra-a-mulher-aprova-plano-de-acoes-ate-2024


Artigos do CFEMEA

Coloque seu email em nossa lista

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

Cfemea Perfil Parlamentar

Violência contra as mulheres em dados

Logomarca NPNM

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Estudo: Elas que Lutam

CLIQUE PARA BAIXAR

ELAS QUE LUTAM - As mulheres e a sustentação da vida na pandemia é um estudo inicial
sobre as ações de solidariedade e cuidado lideradas pelas mulheres durante esta longa pandemia.

legalizar aborto

Veja o que foi publicado no Portal do Cfemea por data

nosso voto2

...