Com 60% dos votos, a chapa presidida por Márcia Abrahão venceu as eleições para a Diretoria Executiva da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior

Da Ascom, Gabinete da Reitoria

  28/07/2023

Marcia Abrahão é a primeira dirigente da UnB a assumir o cargo de presidente da Andifes. Foto: Beto Monteiro/Ascom GRE

 

A reitora Márcia Abrahão foi eleita, nesta sexta-feira (28), presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). A nova diretoria foi escolhida para o mandato 2023-2024 durante a 194ª Reunião Ordinária do Conselho Pleno da Andifes, na Universidade Federal do Paraná (UFPR). É a primeira vez que uma reitora ou reitor da UnB assume a presidência da Associação.

“A Andifes continuará trabalhando para o fortalecimento das universidades, com ampla participação, de forma colaborativa, democrática e propositiva, e com equidade e união. Temos o compromisso de defender a autonomia universitária, atuando pelo fim da lista tríplice para escolha de reitoras e reitores das universidades federais e pela recomposição orçamentária das nossas instituições federais de ensino superior”, afirmou Márcia Abrahão.

Parte da nova Direção Executiva: o reitor da UFU, Valder Steffen Júnior; a reitora da UnB, Márcia Abrahão; a reitora da UFCSPA, Lucia Campos Pellanda; e o reitor da UFAM, Sylvio Mário Puga Ferreira. Foto: Divulgação

 

Duas chapas disputaram a Diretoria Executiva. Com 38 votos, venceu a chapa encabeçada por Márcia Abrahão. Os vice-presidentes eleitos são a reitora da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), Lucia Campos Pellanda; o reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), José Daniel Diniz Melo; o reitor da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Sylvio Mário Puga Ferreira; e o reitor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Valder Steffen Júnior. A chapa concorrente recebeu 28 votos.

Deixam o mandato atual o presidente e reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca; e os vice-presidentes Alfredo Macedo Gomes (UFPE), Dácio Roberto Matheus (UFABC), Evandro Aparecido Soares da Silva (UFMT) e Marcele Regina Nogueira Pereira (UNIR).

BIOGRAFIA – Márcia Abrahão Moura tornou-se a primeira mulher eleita reitora da Universidade de Brasília em novembro de 2016. Em 2020, foi reconduzida ao cargo por mais quatro anos.

Na Andifes, atuou como segunda vice-presidente da Andifes, no mandato 2021/2022, e é vice-presidente da Comissão de Autonomia, que elaborou este ano uma proposta de projeto de lei que prevê o fim da lista tríplice para a nomeação de reitores. A proposta foi aprovada, com modificações, e encaminhada ao relator da matéria na Câmara dos Deputados, deputado Patrus Ananias.

Graduada, mestra e doutora em Geologia pela UnB, é docente do Instituto de Geociências (IG) desde 1995. Entre 2008 e 2011, foi decana de Ensino de Graduação e coordenou o Reuni – Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais. À época, esteve à frente da criação dos campi de Gama e Ceilândia e da ampliação de vagas nos campi de Planaltina e Darcy Ribeiro. No período, foram instituídos 36 cursos de graduação na Universidade, muitos no turno noturno.

ANDIFES – A Andifes foi criada em 1989. É a representante oficial das universidade federais na interlocução com o governo federal. A Associação é composta por dois Centros Federais de Educação Tecnológica (CEFETs), dois Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFETs) e 69 universidades federais.

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.


Artigos do CFEMEA

Coloque seu email em nossa lista

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

Cfemea Perfil Parlamentar

Violência contra as mulheres em dados

Logomarca NPNM

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Estudo: Elas que Lutam

CLIQUE PARA BAIXAR

ELAS QUE LUTAM - As mulheres e a sustentação da vida na pandemia é um estudo inicial
sobre as ações de solidariedade e cuidado lideradas pelas mulheres durante esta longa pandemia.

legalizar aborto

Veja o que foi publicado no Portal do Cfemea por data

nosso voto2

...