Nomeação foi publicada um dia após união entre o político de 65 anos e a adolescente. Ministério Público apura indícios de nepotismo.

Por g1 PR — Curitiba



Prefeito de Araucária, Hissam Hussein Dehaini — Foto: Gustavo Pontes/Divulgação/Aen
 

O prefeito de Araucária, Hissan Hussein Dehaini, anunciou nesta terça-feira (25) a saída do partido Cidadania. O desligamento veio após a publicação de reportagens sobre o casamento dele com uma menina de 16 anos e a nomeação da sogra ao cargo de secretária municipal.

Em nota, o político agradeceu a legenda da qual era filiado desde 2009 e que foi o único partido integrado por ele.

Hissam está no segundo mandato como prefeito de Araucária. Em 2020, foi eleito com 47.613 votos, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O prefeito do município da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) tem 65 anos e casou com a adolescente um dia após a ela completar idade legal para formalizar a união.

 

Atualmente, a lei federal brasileira permite casamento de menores de idade a partir dos 16 anos, desde que ocorra permissão legal dos responsáveis.

24 horas depois do casamento, o prefeito nomeou a sogra, Marilene Rôde, como secretária de Cultura e Turismo do município.

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) informou que apura a nomeação e que as investigações são sigilosas por envolver uma pessoa menor de idade.


Hissam está no segundo mandato como prefeito — Foto: Reprodução/Prefeitura de Araucária
 

Pela Constituição Federal, agentes públicos não podem nomear, contratar ou favorecer familiares e parentes em cargos do poder público. Popularmente, o ato é conhecido como nepotismo.

Em nota, a Prefeitura de Araucária disse que a nomeação de Marilene é "ato discricionário do chefe do Poder Executivo, o qual entendeu que a servidora em questão reúne as condições necessárias para o exercício do cargo, vez que possui 26 anos de experiência no serviço público".

Em 13 de abril, o Diário Oficial de Araucária publicou a nomeação de Marilene Rôde ao novo cargo. Antes, ela era diretora-geral na Secretaria de Educação do município.

Até março deste ano, no cargo antigo, Marilene tinha vencimentos (salário de servidor sem incluir benefícios) de R$ 13.917,38, segundo o Portal da Transparência. Em Araucária, secretários municipais recebem R$ 21.416. Já o salário do prefeito é de R$ 17.940,27.

 

fonte: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2023/04/26/apos-casar-com-menina-de-16-anos-e-nomear-sogra-prefeito-de-araucaria-deixa-o-cidadania.ghtml


Coloque seu email em nossa lista

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

Cfemea Perfil Parlamentar

Violência contra as mulheres em dados

Logomarca NPNM

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Estudo: Elas que Lutam

CLIQUE PARA BAIXAR

ELAS QUE LUTAM - As mulheres e a sustentação da vida na pandemia é um estudo inicial
sobre as ações de solidariedade e cuidado lideradas pelas mulheres durante esta longa pandemia.

legalizar aborto

Veja o que foi publicado no Portal do Cfemea por data

nosso voto2

...