Financiamento público de campanhas ajuda a reduzir brechas de gênero e raça, mas distribuição de recursos precisa melhorar

 

por Gênero e Número

19/9/2022

 

mulheres negras2Por Aline Gatto Boueri e Marcelo Soares 

Além de subrepresentadas, nas Eleições 2022 mulheres negras também são subfinanciadas: o dinheiro destinado a suas campanhas é cinco vezes menor que o repassado a candidaturas de homens brancos. Elas são o maior grupo demográfico no Brasil: 28% da população, segundo o IBGE, mas apenas 18% do total de candidaturas.  

Homens brancos são os campeões de verbas para financiamento de campanha. Eles detêm mais da metade da receita destinada a candidatos e candidatas, que totaliza R$ 5,1 bilhões. O grupo, que representa uma de cada três pessoas que competem no pleito deste ano, foi o único que recebeu uma fatia de dinheiro maior que a proporção de candidaturas. 

 

Leia a matéria completa em Gênero e Número

 

 

 

fonte: https://www.generonumero.media/reportagens/eleicoes-2022-mulheres-negrass-recebem-apenas-20-do-recursos-para-homens-brancos/


Coloque seu email em nossa lista

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

Cfemea Perfil Parlamentar

Violência contra as mulheres em dados

Logomarca NPNM

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Estudo: Elas que Lutam

CLIQUE PARA BAIXAR

ELAS QUE LUTAM - As mulheres e a sustentação da vida na pandemia é um estudo inicial
sobre as ações de solidariedade e cuidado lideradas pelas mulheres durante esta longa pandemia.

legalizar aborto

Veja o que foi publicado no Portal do Cfemea por data

nosso voto2

...