Neste período, o campo dos direitos das mulheres, violência contra as mulheres continua sendo o tema que mais recebe propostas, foram 121 proposições sobre o tema. Infelizmente, motivadas pelas atrocidades a que seguem sendo alvo mulheres e meninas no Brasil.
 
O tema do aborto também esteve em evidência, foram 67 proposições, muitos de reações às medidas restritivas implementadas pelo governo e por polêmicas em torno do direito das meninas (e das mulheres) de interromperem uma gravidez resultante de estupro.
 
Baixe o RADAR clicando aqui
...