Quase lá: Comissão de Direitos Humanos, Minorias e Igualdade Racial da Câmara dos Deputados aprova homenagem a personalidades femininas e negras em cédulas e moedas

Segundo a relatora, deputada Erika Kokay (PT-DF), o projeto trata de um tema fundamental para os direitos humanos, que é o respeito à diversidade. "Cada cédula e cada moeda pode se tornar um espelho para refletir algumas das muitas faces da sociedade brasileira."

23/05/2024 - 18:40  - Agência Câmara

Vinicius Loures/Câmara dos Deputados
Audiência Pública - Estatuto dos Povos Ciganos. Dep. Erika Kokay(PT - DF)
Erika Kokay, relatora do projeto de lei

A Comissão de Direitos Humanos, Minorias e Igualdade Racial da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 5434/16, que prevê homenagem, nas novas emissões de cédulas e moedas, a personalidades femininas e negras que tenham se destacado na luta emancipatória das mulheres e no combate à discriminação racial e de gênero no País.

Pela proposta, do deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), a escolha das personalidades a serem homenageadas deverá ser realizada por meio de consulta à população. Essa consulta será promovida pelo Banco Central.

Segundo a relatora, deputada Erika Kokay (PT-DF), o projeto trata de um tema fundamental para os direitos humanos, que é o respeito à diversidade. "Cada cédula e cada moeda pode se tornar um espelho para refletir algumas das muitas faces da sociedade brasileira."

Kokay elogiou o fato de a escolha das personalidades homenageadas ser feita por consulta popular para valorizar a participação e estimular reflexão mais ampla sobre diversidade e luta pela emancipação das mulheres e combate à discriminação.

O projeto acrescenta dispositivo à Lei 4.595/64, que trata da política e das instituições monetárias.

Próximos passos
A proposta ainda será analisada, em caráter conclusivo, pelas comissões de Defesa dos Direitos da Mulher; de  Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

 

Reportagem – Tiago Miranda
Edição – Pierre Triboli

fonte: https://www.camara.leg.br/noticias/1066057-comissao-aprova-homenagem-a-personalidades


Matérias Publicadas por Data

Artigos do CFEMEA

Coloque seu email em nossa lista

lia zanotta4
CLIQUE E LEIA:

Lia Zanotta

A maternidade desejada é a única possibilidade de aquietar corações e mentes. A maternidade desejada depende de circunstâncias e momentos e se dá entre possibilidades e impossibilidades. Como num mundo onde se afirmam a igualdade de direitos de gênero e raça quer-se impor a maternidade obrigatória às mulheres?

ivone gebara religiosas pelos direitos

Nesses tempos de mares conturbados não há calmaria, não há possibilidade de se esconder dos conflitos, de não cair nos abismos das acusações e divisões sobretudo frente a certos problemas que a vida insiste em nos apresentar. O diálogo, a compreensão mútua, a solidariedade real, o amor ao próximo correm o risco de se tornarem palavras vazias sobretudo na boca dos que se julgam seus representantes.

Violência contra as mulheres em dados

Cfemea Perfil Parlamentar

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Logomarca NPNM

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

legalizar aborto

...