Elcione Barbalho
Deputada Federal (PMDB-PA) e Relatora da CPI da Mortalidade Materna

Segundo dados do Ministério da Saúde, o Brasil seria o quinto País da América Latina a apresentar os maiores índices de mortalidade materna, registrando cerca de 134 óbitos maternos para cada 100 mil nascidos vivos, enquanto que o índice aceitável nos países desenvolvidos é de 10 óbitos para cada 100 mil nascimentos.

Não há dúvida de que este número é um reflexo das condições sócio-econômico-culturais em que vivemos e que ainda impedem uma prática mais eficaz das políticas públicas que cuidam, ou deveriam cuidar, da saúde da mulher.

Sabemos que as causas da mortalidade materna no Brasil vêm desde os problemas enfrentados com a infecção hospitalar até a falta de atendimento apropriado durante o pré-natal, mas os dados disponíveis são inconsistentes e não permitem uma avaliação mais profunda.

A instalação de uma CPI para tornar estes dados claros e públicos, para desvendar as verdadeiras causas da mortalidade materna no Brasil, assim como montar uma linha de ação para combater o problema, é mais uma vitória da Bancada Feminina do Congresso e de todos aqueles que compõem a Frente Parlamentar da Mulher.

É importante dizer que muitas mortes poderiam ser evitadas apenas com alguns cuidados básicos e é nosso objetivo maior garantir este direito a toda cidadã brasileira.

 
 
CFEMEA
O Centro Feminista de Estudos e Assessoria é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos.
 
AUTOCUIDADO E CUIDADO ENTRE ATIVISTAS
   
UNIVERSIDADE LIVRE FEMINISTA
   
   
LINHA DO TEMPO CFEMEA
 
 
+55 61 3224 1791
   
  FALE CONOSCO