No dia 28 de setembro - Dia de Luta pela Despenalização do Aborto - foram realizados eventos em vários Estados. Em Belém, o Conselho Municipal da Condição Feminina, Regional Pará da RedeSaúde e Fórum de Mulheres realizaram o debate "Aborto: uma questão de saúde pública". A Coordenação Provisória da Marcha de Mulheres 2000 realizou em São Paulo uma panfletagem no centro da cidade com a palavra de ordem "Descriminalizar o aborto - você tem o direito de decidir e o Estado tem a obrigação de garantir esse direito". A Imprensa de Minas Gerais deu espaço significativo para entrevistas sobre a questão do aborto com ênfase para os serviços de aborto legal. Na Casa do Jornalista, em Belo Horizonte foi debatido o tema do aborto inseguro a partir de um estudo de caso e houve também apresentação da tese de mestrado de Myrian Silva Marques, "Não é o certo, mas foi certo prá mim - um estudo sobre aborto provocado em adolescentes". O Grupo de teatro Loucas de Pedra Lilás apresentou em Recife espetáculo "Para bom entendedor chega de triturador", falando sobre o aborto, e o Comitê Municipal de Prevenção da Mortalidade Materna de Recife fez uma discussão sobre "aborto incompleto".

 
 
CFEMEA
O Centro Feminista de Estudos e Assessoria é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos.
 
AUTOCUIDADO E CUIDADO ENTRE ATIVISTAS
   
UNIVERSIDADE LIVRE FEMINISTA
   
   
LINHA DO TEMPO CFEMEA
 
 
+55 61 3224 1791
   
  FALE CONOSCO