A foto da cerimônia de posse do Governo Lula foi histórica. É a foto mais plural desde a redemocratização do país. Pela primeira vez tivemos várias mulheres e negr@s na composição do Governo Federal. Para a formação do primeiro escalão foram indicadas três Ministras e uma Secretária de Estado, em um total de 34 integrantes.

Benedita da Silva, Ministra da Assistência e Promoção Social, iniciou sua militância política na Associação de Favelas do Estado do Rio de Janeiro e no Centro de Mulheres de Favelas e Periferias. Pelo PT, foi vereadora, deputada federal, senadora, vice-governadora e governadora do Estado do Rio de Janeiro.

Dilma Roussef, Ministra das Minas e Energia, ocupou a Secretaria de Energia, Minas e Comunicações do Estado do Rio Grande do Sul, a Secretaria da Fazenda de Porto Alegre e a Presidência da Fundação de Economia e Estatística do Rio Grande do Sul.

Marina Silva, Ministra do Meio Ambiente, foi, pelo PT, vereadora, deputada estadual e senadora pelo Estado do Acre. Ocupou a Secretaria Nacional de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Partido e foi uma das fundadoras da CUT no Acre.

Emília Fernandes, Secretária Especial de Políticas para as Mulheres, desenvolveu sua militância política no movimento sindical, na categoria dos professores. Foi vereadora e senadora pelo Estado do Rio Grande do Sul.

As mulheres à frente dos Ministérios irão administrar 2,85% do total previsto na Lei de Orçamento Anual de 2003. No time das secretarias executivas dos ministérios, até agora anunciado, foram nomeadas mais duas mulheres: Ermínia Maricato, no Ministério das Cidades; e Sandra Starling, no Ministério do Trabalho e Emprego.

Em seus discursos de posse, @s nov@s ministr@s anunciaram que a grande mudança que o novo governo promete é o combate às desigualdades sociais. Emília Fernandes, Secretária Especial de Políticas para as Mulheres, afirma que: "A luta pela igualdade passa pela formação da cidadania das mulheres; pela prevenção, saúde, educação, planejamento familiar e capacitação pessoal; pelo acesso e garantia de direitos no trabalho; pelo combate à violência e, principalmente, por uma distribuição de espaços, de renda e de Poder".

   
Categoria
 
Alerta Feminista

Radar Feminista no Congresso

Notícias

Artigos e Textos

Diálogos e Mobilizações

Publicações
 
 
 
Artigos Recentes
 
 
 
 
CFEMEA
O Centro Feminista de Estudos e Assessoria é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos.
 
AUTOCUIDADO E CUIDADO ENTRE ATIVISTAS
   
UNIVERSIDADE LIVRE FEMINISTA
   
LINHA DO TEMPO CFEMEA
   
 
 
+55 61 3224 1791
   
  FALE CONOSCO