Leis e atos normativos da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios deverão usar a linguagem inclusiva, para que seja garantida a igualdade de tratamento entre homens e mulheres. É o que propõe o Projeto de Lei nº 4.610/01, aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.

A proposta, elaborada pela deputada Iara Bernardi (PT-SP), determina que os vocábulos do gênero masculino sejam usados apenas para referir-se ao homem. Também exige que todas as referências dirigidas à mulher sejam feitas expressamente no gênero feminino.

Segundo o relator, deputado Marcos Rolim (PT-RS), "o projeto é oportuno e necessário para dar um tratamento mais isonômico em relação às mulheres, contribuindo na repressão contra atitudes de exclusão e discriminação".

Se o projeto não receber recurso para Plenário, ele seguirá para ser apreciado pelo Senado Federal.

   
Categoria
 
Alerta Feminista

Radar Feminista no Congresso

Notícias

Artigos e Textos

Diálogos e Mobilizações

Publicações
 
 
 
Artigos Recentes
 
 
 
 
CFEMEA
O Centro Feminista de Estudos e Assessoria é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos.
 
AUTOCUIDADO E CUIDADO ENTRE ATIVISTAS
   
UNIVERSIDADE LIVRE FEMINISTA
   
LINHA DO TEMPO CFEMEA
   
 
 
+55 61 3224 1791
   
  FALE CONOSCO