Anna Semião de Lima
Presidente da FENATRAD - Federação Nacional dos Trabalhadores Domésticos.

Após 12 anos de sonhos, lutas, coragem, valentia, ousadia, seminários, encontros, congressos, mobilizações nacional e internacional, juntamente com um corpo jurídico e varias entidades que apóiam a organização das trabalhadoras domésticas, que mantinham viva grande esperança de ver o projeto de igualdade social, projeto de lei – 1626/89 FGTS e seguro desemprego, ser aprovado pelo Governo.

Ao invés disso o Presidente da República e as lideranças dos partidos aprovaram como lei a medida provisória em que é facultativo(os patrões pagam se quiserem) inventada pelo Governo. Esse não é o único dado na história do Brasil, onde os direitos dos trabalhadores são traídos, mas em um país onde os colonizadores determinam as leis, era de se esperar que para a categoria das trabalhadoras domésticas, com mais de cinco milhões de trabalhadores, a maioria mulheres e negras, o tratamento não poderia ser outro.

Ficará registrado no subconsciente desta vasta categoria, que foi vendida em plena virada do milênio. Porém haverão de surgir tantas outras mulheres, combativas e revolucionarias, a exemplo da Laudelina de Campos Melo (fundadora do primeiro sindicato de trabalhadoras domésticas do Brasil) com o mesmo espírito para continuar lutando por respeito, dignidade e pela libertação dos trabalhadores.

   
Categoria
 
Alerta Feminista

Radar Feminista do Congresso

Notícias

Artigos e Textos

Diálogos e Mobilizações

Publicações
 
 
 
Artigos Recentes
 
 
 
 
CFEMEA
O Centro Feminista de Estudos e Assessoria é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos.
 
AUTOCUIDADO E CUIDADO ENTRE ATIVISTAS
   
UNIVERSIDADE LIVRE FEMINISTA
   
   
LINHA DO TEMPO CFEMEA
 
 
+55 61 3224 1791
   
  FALE CONOSCO