O movimento de mulheres está de olho no Orçamento Público. Os recursos que financiaram as políticas para as mulheres nos últimos anos foram bem menores do que o planejado no PPA 2008-2011. Em consequência disso, também estamos muito mais longe do que se esperava de alcançar as metas de igualdade compromissadas no Plano Nacional de Políticas para as Mulheres. Foi essa a questão que mobilizou a Coordenação Executiva Nacional da Articulação de Mulheres Brasileiras (AMB) a vir para Brasília, em maio. As diretrizes para o Orçamento de 2011 já estão sendo definidas e a AMB quer prioridade para o enfrentamento das desigualdades. A redução do desemprego e da taxa mortalidade materna, assim como a implementação da Lei Maria da Penha, foram alguns dos pontos prioritários nas audiências públicas junto ao Ministério da Saúde, Ministério da Justiça e da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM) e na discussão com @s parlamentares. As mulheres demandaram um esforço governamental para executar os recursos comprometidos na II PNPM, cobraram também mais transparência para a participação e controle social, no monitoramento das metas estabelecidas no II PNPM.

   
Categoria
 
Alerta Feminista

Agenda do Congresso

Notícias

Artigos e Textos

Djumbai

Diálogos e Mobilizações

Publicações
 
 
 
Artigos Recentes
 
 
 
 
CFEMEA
O Centro Feminista de Estudos e Assessoria é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos.
 
AUTOCUIDADO E CUIDADO
ENTRE ATIVISTAS
   
UNIVERSIDADE LIVRE FEMINISTA
   
   
LINHA DO TEMPO CFEMEA
 
 
+55 61 3224 1791
   
  FALE CONOSCO
 
Brasília
SCS Quadra 2 Bloco C
Ed. Goiás, Sala 602
Brasília, DF - Brasil
CEP 70317-900