O Seminário Nacional, realizado nos dias 01 a 03 de agosto, em Brasília, para discussão de medidas de proteção e inclusão social das mulheres na Seguridade Social, garantiu a ampliação dos movimentos participantes do Fórum. Além de trabalhadoras domésticas, donas de casa, rurais, urbanas na informalidade, quebradeiras de coco, organizações de mulheres negras, o Fórum agora agrega também pescadoras, catadoras de vários Estados, parteiras, e assim seguimos nos fortalecendo.

Com o apoio, político e financeiro, da SPM, da OIT e de entidades parceiras: CFEMEA/CIDA, SOS Corpo, IBASE, ANFIP, SOF, que contribuíram no fornecimento de material de análise e conteúdos sobre os temas em discussão, assim também o INESC e o DIEESE, reafirmamos a importância da articulação entre as mulheres trabalhadoras do campo e da cidade na luta pelo acesso universal aos seus direitos, fortalecendo também as demandas específicas de cada setor. O CFEMEA e o SOS Corpo foram os principais articuladores e organizadores do Seminário Nacional, atuando sempre em conjunto com as representantes das entidades coordenadoras do Fórum (AMB, AMNB, MMC, FENATRAD, MMM, MIQCB, MMTR-NE, Campanha Nac. Donas de Casa).

A metodologia adotada no evento visou a participação democrática das mulheres, num espaço de diálogo em que todas as vozes foram ouvidas, com respeito e acolhimento.

Foi definida a mudança do nome do Fórum. Por considerar o alcance da autonomia dessa rede, independente da continuidade do Fórum Oficial, perde o sentido a sua condição de "paralelo". Mantido seu caráter itinerante, com a proposta consolidada de levar a idéia, os princípios, as reivindicações e realizações aos Estados, para seguir dialogando por todo o Brasil, estreitando parcerias, compartilhando e socializando ainda mais as lutas de cada movimento. O novo nome será Fórum Itinerante das Mulheres em Defesa da Seguridade Social.

Principais encaminhamentos:

  • Carta Aberta para autoridades públicas e sociedade civil convocando todos os movimentos e setores organizados da sociedade a somar-se a nós em defesa da proteção social ao trabalho das mulheres e da política de Seguridade Social universal, pública, solidária e redistributiva. A cópia da Carta Aberta pode ser encontrada no site do CFEMEA; Elaborar uma cartilha de formação sobre o tema "Mulheres e Seguridade Social", com base nas discussões, subsídios e posições formuladas durante o evento;
  • Reivindicar a re-instauração do Grupo de Trabalho (GT) sobre Seguridade Social, no âmbito do Conselho Nacional de Direitos da Mulher (CNDM), incluída a participação das organizações sociais e a OIT.
   
Categoria
 
Alerta Feminista

Radar Feminista do Congresso

Notícias

Artigos e Textos

Djumbai

Diálogos e Mobilizações

Publicações
 
 
 
Artigos Recentes
 
 
 
 
CFEMEA
O Centro Feminista de Estudos e Assessoria é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos.
 
AUTOCUIDADO E CUIDADO
ENTRE ATIVISTAS
   
UNIVERSIDADE LIVRE FEMINISTA
   
   
LINHA DO TEMPO CFEMEA
 
 
+55 61 3224 1791
   
  FALE CONOSCO
 
Brasília
SCS Quadra 2 Bloco C
Ed. Goiás, Sala 602
Brasília, DF - Brasil
CEP 70317-900