No último trimestre, os trabalhos das CPMI dos Correios, da Compra de Votos, da CPI dos Bingos (no Senado) e as sucessivas medidas provisórias demandaram novamente as atenções do Congresso Nacional. Desta vez, a crise respingou na presidência da Câmara e o presidente Deputado Severino Cavalcanti (PP/PE) teve que renunciar o mandato, em face da denúncia de prática de corrupção. A disputa pela presidência mobilizou todas as bancadas partidárias e o Governo, que trabalhou muito para que o seu candidato, deputado Aldo Rabelo (PCdoB/SP), ganhasse a presidência da Câmara.

Tais acontecimentos contribuíram para o esvaziamento das comissões temáticas e para a demora da instalação da Comissão Especial sobre Trabalho e Emprego Doméstico, que durante três meses figurou na pauta de reuniões da Câmara, sendo instalada apenas na última semana de novembro. Porém, não foram suficientes para impedir que seguíssemos firmes com as nossas reivindicações. Na véspera da eleição para a presidência da Câmara, feministas garantiram a entrega do Projeto de Lei da Comissão Tripartite para a revisão da legislação punitiva sobre o aborto; mais uma Lei foi aprovada; a Comissão Especial para debater a PEC 536/97 (PEC do FUNDEB) foi instalada e teve seu relatório aprovado com a importante inclusão das creches; e discutimos com a Bancada Feminina a apresentação de emendas para a Lei Orçamentária Anual 2006 a fim de garantir mais recursos para as políticas públicas destinadas às mulheres.

   
Categoria
 
Alerta Feminista

Radar Feminista do Congresso

Notícias

Artigos e Textos

Djumbai

Diálogos e Mobilizações

Publicações
 
 
 
Artigos Recentes
 
 
 
 
CFEMEA
O Centro Feminista de Estudos e Assessoria é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos.
 
AUTOCUIDADO E CUIDADO ENTRE ATIVISTAS
   
UNIVERSIDADE LIVRE FEMINISTA
   
   
LINHA DO TEMPO CFEMEA
 
 
+55 61 3224 1791
   
  FALE CONOSCO